Posso ser reprovado em um exame admissional?

Sim! A reprovação é feita pelo próprio médico avaliador e essa decisão deve ser tomada de forma técnica, correta, e de preferência por um médico que conheça as particularidades da empresa recrutadora e de suas atividades.

Desta maneira, o médico avaliador poderá se munir de argumentos claros e corretos para a tomada da decisão, garantindo o bem estar do candidato, e de uma empresa com bons índices de saúde ocupacional. 

Além disso, em casos onde o médico identifique um problema de saúde crônico, porém sob controle, não deve ser feita a reprovação do candidato. Em casos como diabetes, por exemplo, onde a função não acarrete em complicações no quadro, o candidato poderá ser considerado Apto para o cargo, porém o médico deverá informar que o colaborador deve ser monitorado em exames periódicos. 

Contudo, se ainda assim o candidato for reprovado do processo seletivo, é extremamente importante que o médico avaliador tenha uma explicação clara sobre os motivos, e que demonstre que acima de tudo, o principal motivo pela desqualificação é o bem estar e a saúde. 

Como escolher uma Clínica de Saúde Ocupacional?

Os exames admissionais, além de serem obrigatórios por lei, garante tanto para o empregador, quanto para o empregado, que ambos possuem plenas condições de trocarem benefícios mútuos sem oferecerem riscos uns aos outros, sejam eles relativos a saúde ou a produtividade. 

Um laudo mau elaborado ou com uma análise incoerente, pode acarretar em sérias consequências para ambos os lados no momento da contratação, por isso, é extremamente recomendado que você busque por uma empresa séria e comprometido com melhores processos de avaliação. 

O Grupo Bplan já está no mercado a mais de 10 anos, prestando uma assessoria completa em Saúde Ocupacional e Medicina do Trabalho, atendendo grandes empresas Brasileiras.