10 Passos para ser um bom CIPEIRO!

Os “Cipeiros” são os colaboradores de uma empresa que fazem parte da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Os principais objetivos de um membro da CIPA é promover e orientar os colaboradores e a empresa, quanto as medidas necessárias para garantir a saúde e a segurança de todos.

A comissão da CIPA é composta por colaboradores que representam os empregados e outros que representam o empregador. Mesmo que esses membros representem grupos diferentes, conforme falamos anteriormente, todos tem o mesmo objetivo, que é a prevenção de acidentes e doenças ocupacionais. Desta forma, para ser um bom Cipeiro, é importante que eles sigam algumas orientações para isso.

No decorrer deste artigo, vamos detalhar para vocês 10 passos  simples, para que os colaboradores nomeados como membros da CIPA, sejam bons Cipeiros, Vamos lá!?

1. Comunicação

Um dos principais pilares para uma CIPA de sucesso, é imprescindível que os membros dessa comissão tenham uma boa comunicação entre si, e principalmente, com os demais colaboradores da empresa.

Essa comunicação não se resume em apenas falar e orientar os demais colaboradores, mas também saber ouvir, esclarecer dúvidas e anotar sugestões.

Com uma boa comunicação ajuda na identificação problemas emocionais e físicos de alguns funcionários, além de que o diálogo com os demais colaboradores, pode ajudar os cipeiros na identificação de possíveis riscos presentes no ambiente de trabalho.

2. Prevenção

Um dos principais objetivos de um membro da CIPA é promover e garantir medidas de prevenção a acidentes e doenças ocupacionais. Por isso, sua função é identificar riscos presentes nas atividades executadas e que podem trazer riscos a saúde e a segurança dos colaboradores.

3. Planejamento

Para que as ações executadas pelos membros da CIPA tenham o resultado esperado, é importante que se tenha planejamento. Com base nisso, podemos destacar a importância da elaboração de um mapa de riscos, além de constantes verificações nas condições e no ambiente de trabalho.

4. Cumprir Regras

Para ser um bom cipeiro, é importante que esse colaborador siga e incentive que os demais trabalhadores cumpram todas as regras da empresa sobre segurança e medicina do trabalho.

5. Eficiência

Um membro da CIPA, deve ser um exemplo para os demais colaboradores, por isso é importante que realize suas atividades com eficiência, moral e ética.grupo bplan

6. Esteja presente

Um cipeiro, precisa estar presente e comprometido com todas as ações executadas pela empresa, que tenham como objetivo a conscientização e a orientação quanto a segurança e saúde dos trabalhadores.

7. Percepção

Um membro da CIPA que tenha uma boa percepção, pode detectar precocemente vários problemas que podem comprometer a saúde e a segurança dos colaboradores, tais como, uso inadequado de EPIs, máquinas e equipamentos que precisem de uma manutenção, problemas emocionais de colaboradores, entre outros.

8. Escolher bons recursos

Um bom membro da CIPA deve sempre buscar as melhores opções, para os empregados e também para a empresa, considerando um conjunto de fatores como: custo, qualidade, segurança e eficiência.

9. Fazer avaliações

Para garantir que todas as ações tomadas pela CIPA, é importante que os membros dessa comissão realizem frequentemente uma avaliação de dados e resultados obtidos. Com esses dados em mãos, fica mais fácil identificar se as medidas estão tendo os resultados esperados e garantindo a saúde e a segurança de todos.

10. Delegação e Organização

Além da organização, que ajuda o membro da CIPA a executar as atividades atribuídas a ele de forma eficiente e eficaz, é importante que esse colaborador respeite também as funções delegadas a ele. Desta forma, não há sobrecarga de funções e faz com que todos os membros trabalhem em harmonia.

grupo bplan

Com base em tudo o que falamos nesse artigo, ficou claro o quanto é importante para a empresa e os colaboradores o papel dos membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Porém, é necessário seguir as regras e as orientações descritas na Norma Regulamentadora 5.

Além disso, é importante também contar com profissionais capacitados e treinados para a elaboração dessa comissão. E nós do Grupo Bplan, estamos no mercado a mais de 10 anos, prestando uma assessoria completa em Saúde Ocupacional e Medicina do Trabalho, atendendo grandes empresas Brasileiras. E temos uma equipe completa, capacitada e treinada para ajudar no treinamento quanto as práticas ideais para a prevenção de acidentes de trabalho, na elaboração e na implementação de Análise Ergonômica, Programa de Gerenciamento de Riscos (PGR), Laudos de Periculosidade, Laudos de Insalubridade e todos os outros documentos referentes a Saúde e Segurança do Trabalho.

Por isso, se você precisa de um suporte, entre em contato agora mesmo com a nossa equipe!

CLIQUE AQUI PARA FALAR CONOSCO NO WHATSAPP 



Deixe um comentário

Chamar no Whatsapp
Chamar no Whatsapp
Precisa de ajuda?